Ecoville: construindo uma cidade para poucos

Ricardo Serraglio Polucha

Resumo


As pesquisas elaboradas para compreender a urbanização desigual em Curitiba enfatizaram o papel do planejamento urbano nesse processo. Entendendo que essa desigualdade é resultado da forma como se dá a valorização da terra e da apropriação diferenciada desta pelas camadas sociais, torna-se necessário compreender como a prática do planejamento urbano se articula a essa dinâmica. Considerando que o avanço dessa discussão deve procurar revelar as causas dessa desigualdade, e não apenas constatar sua existência, este artigo tem como objetivo compreender essa relação a partir da análise de um caso específico: o Ecoville. Originalmente concebido como uma nova frente de expansão urbana que evitaria a ocupação de áreas impróprias na cidade, sua implantação ocorreu de maneira totalmente oposta, produzindo um espaço com baixa densidade populacional voltado para camadas de alta renda. Argumenta-se que o estudo do Ecoville contribui para construir uma explicação sobre a prática do planejamento urbano em Curitiba, porque evidencia as contradições que são produzidas em torno da valorização da terra.

 


Palavras-chave


Ecoville; Curitiba; planejamento urbano; urbanização; valorização da terra.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


Companhia de Urbanização de Curitiba. Cidade Industrial de Curitiba. Curitiba, 1974. Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba. Curitiba: Uma Experiência em Planejamento Urbano. Cidade Industrial. Curitiba, 1975a.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Plano Habitacional Cidade Industrial de Curitiba. Curitiba, 1975b.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Projeto Integrado de Circulação e Transporte. Curitiba, 1976.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Projeto Integrado de Circulação e Transporte. Situação 77. Curitiba, 1977a.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Relatório de Viabilidade dos Programas de Desenvolvimento Urbano da Cidade de Curitiba. Curitiba, 1977b.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Programa Integrado de Habitação, Infra-estrutura e Transporte. Curitiba, 1980a.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Sistemas de Transporte: Cidade de Curitiba. Curitiba, 1980b.

Companhia de Urbanização de Curitiba. Memória da Curitiba Urbana. Curitiba, 1990a. (Depoimentos, 2)

Companhia de Urbanização de Curitiba. Memória da Curitiba Urbana. Curitiba, 1990b. (Depoimentos, 5)

Companhia de Urbanização de Curitiba. Memória da Curitiba Urbana. Curitiba, 1991. (Depoimentos, 6)

MARICATO, E. Planejamento urbano no Brasil: As idéias fora do lugar e o lugar fora das idéias. In: ARANTES, O.; MARICATO, E.; VAINER, C. A cidade do pensamento único: desmanchando consensos. 3 ed. Petrópolis: Vozes, 2000.

MARICATO, E. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

MOURA, R. Os Riscos da Cidade-Modelo. In: ACSELRAD, H. (org). A duração das cidades. Sustentabilidade e risco nas políticas urbanas. Rio de Janeiro: DP&A, 2001.

MOURA, R.; ULTRAMARI, C. Metrópole: Grande Curitiba: teoria e prática. Curitiba: IPARDES, 1994.

OLIVEIRA, D. Curitiba e o mito da cidade modelo. Curitiba: UFPR, 2000.

OLIVEIRA, D. Urbanização e Industrialização no Paraná. Curitiba: SEED, 2001.

OLIVEIRA, F. Crítica à razão dualista / O ornitorrinco. São Paulo: Boitempo, 2003.

PRADO JR., C. P. História econômica do Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1990. Prefeitura Municipal de Curitiba; Serete & Wilhein Associados. Plano Preliminar de Urbanismo de Curitiba. Curitiba, 1965.

ROLNIK, R. Exclusão territorial e violência. In: São Paulo em perspectiva, v.4, n. 13, 1999.

SCHWARTZ, R. Cultura e Política. São Paulo: Paz e Terra, 2005.

SEGAWA, H. Arquiteturas no Brasil: 1900 – 1990. São Paulo: Edusp, 1998.

Seminário Política e Planejamento: Economia, Sociedade e Território, 2008, Curitiba. Entrevista com Ermínia Maricato. Disponível em: http://www.coopere.net/ppla/historico/2008/ppla_old/downloads/Anexo-Entrevista_Erminia_Maricato.pdf . Acesso em: 02 nov. 2008.

Gazeta do Povo. Ecoville dá exemplo de revitalização urbanística. Curitiba, 30 nov. 2007.

VILLAÇA, F. Efeitos do Espaço Sobre o Social na Metrópole Brasileira. VII Encontro Nacional da ANPUR – Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional, 1997, Recife. Anais. Disponível em: http://www.flaviovillaca.arq.br/pdf/efeitos96.pdf . Acesso em: 15 out. 2008.

VILLAÇA, F. Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Studio Nobel: Fapesp; Lincoln Institute, 1998.

VILLAÇA, F. Uma contribuição para a história do planejamento urbano no Brasil. In: DEÁK C.; SCHIFFER, S. O processo de urbanização no Brasil. São Paulo: Edusp, 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2009v11n1p41

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                            


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia