Urbanismo na cidade desigual: o Rio de Janeiro e os megaeventos

Pedro Novais

Resumo


O trabalho discute o modo como o tema da desigualdade é considerado no urbanismo no Rio de Janeiro. Para tal, trata das representações populares e científicas da cidade, que se encontram em um continuum entre a coesão e a fragmentação. O texto apoia-se na relação entre espaço físico e espaço social para, em seguida, demonstrar o papel do espaço físico e das representações do espaço na reprodução de relações sociais. Argumenta-se que o urbanismo no Rio de Janeiro sofreu uma inflexão nos anos 1990, resultando em experiências teoricamente inovadoras e politicamente conservadoras. Duas práticas discutidas são o "urbanismo de fragmentos" e os "grandes projetos urbanos". O desconhecimento ou a naturalização da temática da desigualdade sugere a impossibilidade de o urbanismo contemporâneo, em suas versões cariocas, dar respostas às questões sociais.

 


Palavras-chave


urbanismo; grandes projetos urbanos; megaeventos; representações coletivas; desigualdade socioespacial.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


ASCHER, F. Les nouveaux principes de l'urbanisme. Paris: Éditions de l'Aube. 2001.

BCMF ARQUITETOS. Complexo Esportivo de Deodoro (CED): XV Jogos Pan-Americanos Rio 2007. Projetos, São Paulo, ano 07, n. 083.02, out. 2007. Disponível em: < http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/projetos/07.083/2839 >. Acesso em: 20 jul. 2014.

BENEDICTO, D. B. M. Desafiando o coro dos contentes: vozes dissonantes no processo de implementação dos Jogos Pan-Americanos, Rio 2007. 2008. Dissertação (Mestrado em Planejamento Urbano e Regional) – Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

BIENENSTEIN, G. et al. Estudo de Caso: Jogos Pan-Americanos de 2007, Rio de Janeiro. Grandes Projetos Urbanos: O que se pode aprender com a experiência brasileira. Rio de Janeiro, 2007. (Relatório de Pesquisa).

BOURDIEU, P. Efeitos do Lugar. In: BOURDIEU, P. (Org.) Miséria do Mundo. Petrópolis: Vozes, 1997. p.159-166.

CAVALLIERI, F.; LOPES, G. P. Índice de Desenvolvimento Social - IDS: comparando as realidades microurbanas da cidade do Rio de Janeiro. Coleção Estudos Cariocas, v. 8, n. 20080401, abr. 2008. 12 p.

CHOAY, F. O urbanismo: utopias e realidades: Uma antologia. São Paulo: Perspectiva. 1979.

COMITÊ POPULAR DA COPA E OLIMPÍADAS DO RIO DE JANEIRO. Megaeventos e Violações dos Direitos Humanos no Rio de Janeiro: Dossiê do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Comitê Popular da Copa e Olimpíadas do Rio de Janeiro, 2013.

CONDE, L. P. F. Renovação urbana em processo de crescimento explosivo: depoimento. In: MACHADO, D. B. P.; PEREIRA, M. S.; SILVA, R. C. M. Urbanismo em questão. Rio de Janeiro: PROURB. 2003. p. 221-241.

FARRET, R. Desafios sócio-políticos do desenho urbano. In: GONÇALVES, M. F. O novo Brasil Urbano. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1995. p. 331-334.

FORTY, A. Words and buildings: A vocabulary of Modern Architecture. London: Thames & Hudson. 2004.

HARVEY, D. Do administrativismo ao empreendedorismo: a transformação da governança urbana no capitalismo tardio. In: HARVEY, D. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2006. p. 164-190.

INGALLINA, P. Le projet urbain. Paris: Presses Universitaires de France, 2001.

IPLANRIO. Rio Cidade: o urbanismo de volta às ruas. Rio de Janeiro: Mauad, 1996.

LAHIRE, B. Diferenças ou desigualdades: que condições sócio-históricas para a produção de capital cultural? Forum Sociológico, Lisboa, n. 18, p. 79-85, 2008. Disponível em: < http://forumsociologico.fcsh.unl.pt/PDF/FS18-Art.8.pdf >. Acesso em: 20 jul. 2014.

LENOIR, R. Objeto sociológico e problema social. In: CHAMPAGNE, P.; LENOIR, R.; MERLLIÉ, D. (Org.). Iniciação à prática sociológica. Petrópolis: Vozes, 1998. p. 59-106

MAGALHÃES, S. A Cidade na Incerteza – ruptura e contiguidade em urbanismo. Rio de Janeiro: Ed. Viana e Mosley, 2007.

MAGALHÃES, S. Remoção não pode ser tabu. Folha de São Paulo, São Paulo, 10 abr. 2010. Disponível em < http://www1.folha.uol.com.br/fsp/cotidian/ff1004201022.htm >. Acesso em: 19 jul. 2014.

MAGALHÃES, S. Reflexão sobre o espírito público na arquitetura contemporânea. Fortaleza. 22, abr. 2014. Palestra ministrada no XX Congresso Brasileiro de Arquitetos. Disponível em: < http://www.iabrj.org.br/Conferência_XX_CBA_230414_A.pdf >. Acesso em: 24 jul. 2014.

MARSHALL, T. Urban planning and governance: is there a Barcelona model? International Planning Studies, v. 5, n. 3, p. 299-319, 2000.

MASCARENHAS, G. Mega-Eventos esportivos, desenvolvimento urbano e cidadania: uma análise da gestão da Cidade do Rio de Janeiro por ocasião dos Jogos Pan-Americanos - 2007. Scripta Nova, Barcelona, v. XI, n. 245, p. 1-13, ago. 2007.

MASCARENHAS, G. Megaeventos. Quem vai pagar a conta? [jul. 2011]. Entrevistadora: Katia Marco. Brasil de Fato, São Paulo, n. 437, 14 a 20 jul. 2011, p. 4-5.

MERLIN, P. L’urbanisme. Paris: PUF. 2009.

MILLET, L. A utilização dos Jogos Olímpicos para a estruturação urbana: Barcelona-Rio, semelhanças e propostas. In: IPLANRIO. Rio 2004: As condições urbanísticas das áreas selecionadas para os Jogos Olímpicos. Rio de Janeiro: IPLANRIO, 1996. p. 47-54

NOVAIS, P. Uma estratégia chamada "planejamento estratégico": deslocamentos espaciais e a atribuição de sentidos na teoria do planejamento urbano. Rio de Janeiro: 7Letras, 2010.

NOVAIS, P.; OLIVEIRA, F. Survey sobre os Grandes Projetos de Desenvolvimento Urbano no Brasil. Rio de Janeiro: Lincoln Institute of Land Policy, 2006. (Relatório de pesquisa).

OLIVEIRA, N; GAFFNEY, C. Rio de Janeiro e Barcelona: os limites do paradigma olímpico. Biblio 3W - Revista Bibliográfica de Geografía y Ciencias Sociales, Barcelona, v. XV, n. 895, nov. 2010. Disponível em: < http://www.ub.es/geocrit/b3w-895/b3w-895-17.htm >. Acesso em: 20 jul. 2014.

PAES, E; MAGALHÃES, S. Morar carioca. Drops, São Paulo, ano 11, n. 038.03, nov. 2010 Disponível em: . Acesso em: 22 jul. 2014.

PANERAI, P. O retorno à cidade. Projeto, São Paulo, n. 173, p. 78-82, abr. 1994.

PORTAS, N. El surgimiento del proyecto urbano. Perspectivas Urbanas / Urban Perspectives, Barcelona, n. 3, 2003.

PCRJ/IPP - PREFEITURA DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO / INSTITUTO PEREIRA PASSOS. Renda e Posse de Bens. Rio de Janeiro: IPP, jun. 2013. (Cadernos do Rio).

RIBEIRO, L. C. Q. Cidade Desigual ou Cidade Dual? Tendências na metrópole do Rio de Janeiro. In: SEMINARIO INTERNACIONAL DE LA RED IBEROAMERICANA DE INVESTIGADORES SOBRE GLOBALIZACIONAL Y TERRITÓRIO, 5, 1999, Toluca. Anales del V Seminario Internacional de la Red Iberoamerciana de Investigadores sobre Globalizaçión y Território. Toluca, 1999.

RIBEIRO, L. C. Q.; CARDOSO, A. L. Planejamento urbano no Brasil: paradigmas e experiências. Espaço & Debates, n. 37, p. 77-89, 1994.

RIO 2007 - XV Jogos Pan-Americanos. Rio de Janeiro: Instituto Pereira Passos/RIOURBE. [entre 2001 e 2002].

RIO 2012 – Cidade Postulante (documento de divulgação da candidatura do Rio de Janeiro às Olimpíadas de 2012). Rio de Janeiro: Instituto Pereira Passos/RIOURBE. 2003.

ROCHE, M. Megaevents and Modernity: Olympics and expos in the growth of global culture. London: Routledge. 2000.

SÁNCHEZ, F. A reinvenção das cidades para um mercado mundial. 2. ed. Chapecó: ARGOS, 2010.

SASSEN, S. The global city. Princeton: Princeton University Press, 1991.

SANTOS, R. O planejamento da cidade é o planejamento dos jogos? O megaevento olímpico como instrumento de (re)ordenação do território carioca. 2013. 125 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

TSIOMIS, Y. Projeto urbano, embelezamento e reconquista da cidade. In: MACHADO, D. B. P.; VASCONCELLOS. E. M. D. (Ed.). Cidade e Imaginação. Rio de Janeiro: UFRJ/FAU/PROURB, 1996. p. 24-29.

TSIOMIS, Y. O projeto urbano hoje: entre situações e tensões. In MACHADO, D. B. P.; PEREIRA, M. S.; SILVA, R. C. M. Urbanismo em questão. Rio de Janeiro: PROURB. 2003. p. 279-293.

UNESCO. Rio de Janeiro: Carioca landscapes between the mountain and the sea. UNESCO, 2013. Disponível em: < http://whc.unesco.org/en/list/1100 >. Acesso em: 15 jul. 2014.

VAINER, C. B.; OLIVEIRA, F. L.; NOVAIS, P. Notas metodológicas sobre a análise de grandes projetos urbanos. In: OLIVEIRA, F. L. et al. (Org.). Grandes Projetos Metropolitanos: Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Rio de Janeiro: Letra Capital. 2012. p. 11-23.

VENTURA, Z. Cidade partida. São Paulo. Companhia das Letras.1994.

VIANNA, R. Rio recebe título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Portal G1, Rio de Janeiro, 01 jul. 2012. Disponível em: < http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2012/07/rio-recebe-o-titulo-de-patrimonio-cultural-da-humanidade.html >. Aceso em: 20 jul. 2014.

VILA Autódromo: um bairro marcado para viver, 2012. (Manifesto) Disponível em: < http://www.portalpopulardacopa.org.br/vivaavila/index.php/manifesto >. Acesso em: 25 jul. 2014.

WILKINSON, R. What difference does inequality make? Paper presented at the Wellbeing - the Impact of Inequalities Conference. Dundee, nov. 2008. Disponível em: < www.thpc.scot.nhs.uk/Presentations/Wellbeing/Wilkinson.pdf >. Acesso em: 20 jul. 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2014v16n1p11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia