Modernização e modernidade em Maringá 1947-1967: episódios de arquitetura e cidade em uma frente pioneira | Modernization and modernity in Maringá 1947-1967: episodes of architecture and a city on a pioneering front

Ana Carolina Pussi de Brito, André Augusto de Almeida Alves

Resumo


O artigo se debruça sobre a arquitetura, a urbanização e o urbanismo da área colonizada pela CTNP/CMNP no norte do Paraná, a partir de reflexões sobre as dinâmicas de circulação de ideias. Nele, é retomado o debate acerca dos processos de intercâmbio cultural instaurado por Schwarz e Carvalho Franco – as “ideias fora do lugar” – no âmbito da crítica às teses dualistas do subdesenvolvimento brasileiro. Partindo de uma abordagem que busca aproximar arquitetura, cidade e processo social, efetua-se, inicialmente, uma revisão crítica da historiografia sobre o empreendimento colonizador, a rede de transportes, a urbanização do território, o traçado das cidades e sobre alguns de seus edifícios. Por conseguinte, realiza-se uma leitura do plano urbanístico de Jorge de Macedo Vieira para a cidade de Maringá e dos projetos de José Augusto Bellucci para a CMNP, para o poder público e para a Igreja Católica. Assinale-se que a investigação dessas dinâmicas pode contribuir para a constituição de novas perspectivas no campo das investigações sobre processos de urbanização e construção do território e das cidades brasileiras.


Palavras-chave


circulação de ideias; Maringá, PR; modernização; Jorge de Macedo Vieira; José Augusto Bellucci.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


ALAMBERT, F. Lugar da Dialética, Dialética do Lugar. In: MUSSE R. ; LOUREIRO I. (Org.). O marxismo Ocidental. São Paulo: Editora da UNESP, 1998. v.1, p.229-247.

ALMANDOZ, A. Planning Latin America’s capital cities 1850-1950. Londres: Routledge, 2002.

ANDRADE, C. R. M. Ressonâncias do tipo cidade-jardim no urbanismo de cidades novas no Brasil. In: SEMINÁRIO DE HISTÓRIA DA CIDADE E DO URBANISMO, 6, 2000, Natal. Anais do VI Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Natal: UFRN - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, 2000.

ANDRADE C. R. M.; CORDOVIL, F. C. S. O projeto moderno e a transformação da paisagem: a cidade de Maringá no noroeste paranaense. In: SEMINARIO APEC. La producción del conocimiento y los desafíos (in) sostenibles del mundo contemporáneo, 13, 2008, Barcelona. Anais... Barcelona: APEC, 2008. p.47-56.

ARANTES, P. E. Sentimento da Dialética da Experiência Intelectual Brasileira. Dialética e Dualidade segundo Antônio Candido e Roberto Schwarz. São Paulo: Paz e Terra, 1992.

BELOTO, G. E. Legislação urbanística: instrumento de regulação e exclusão territorial – considerações sobre a cidade de Maringá. 2004. 201f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2004.

BONFATO, A. C. Jorge de Macedo Vieira: o orgânico e o geométrico na prática urbana (1920-1960). Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v.5, n.2, p.75-93, nov. 2003.

CANCLINI, N. G. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. 2. ed. São Paulo: Edusp, 1998.

CARVALHO FRANCO, M. S. As ideias estão no lugar. Cadernos de Debate, São Paulo, n.1, p. 61-64, 1976.

COMPANHIA MELHORAMENTOS NORTE DO PARANÁ. Colonização e desenvolvimento do Norte do Paraná. 1ed. São Paulo: CMNP, 1975.

CORDOVIL, F. C. S. A aventura planejada: engenharia e urbanismo na construção de Maringá – 1947 a 1982. 2010. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2010.

CORDOVIL, F. C. S. Referências Teóricas e Urbanísticas do Plano Inicial de Maringá: Aproximações e Distanciamentos. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL, 14, 2011, Rio de Janeiro. Anais do XIV Encontro Nacional da Anpur, Rio de Janeiro: ANPUR, 2011.

DE ANGELIS, B. L. D. et al. A (des)mistificação do "verde" de Maringá - um desafio a ser (re)pensado. In: MACEDO, O. L. C.; CORDOVIL, F. C. S; REGO, R. L. (Org.). Pensar Maringá: 60 anos do Plano. Maringá: Massoni, 2007. p.47-67.

FERRONI, E. R.. Aproximações sobre a obra de Salvador Candia. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade, São Paulo, São Paulo, 2008.

FRESCA, T. M. A rede urbana do Norte do Paraná. Londrina: Eduel, 2004.

GONÇALVES, J. H. R. Quando a imagem publicitária vira evidência factual: versões e reversões do Norte do Paraná -1930 - 1970. In DIAS, R. B.; GONÇALVES, J.H.R. (Org.). Maringá e o Norte do Paraná: estudos de história regional. Maringá: EDUEM, 1999. p.88-121.

HALL, P. Cidades do amanhã. Uma história intelectual do planejamento e do projeto urbano no século XX. São Paulo: Perspectiva, 2002.

MANTEGA, G. Teoria da dependência revisitada: um balanço crítico. São Paulo: EAESP/FGV/NPP, 1997.

MARINGÁ (Prefeitura Municipal). Plano Diretor de Desenvolvimento, 1967.

MONBEIG, P. A zona pioneira do Norte-Paraná. Boletim Geográfico. São Paulo, ano III, n. 25, p. 11-17, 1945.

MONBEIG, P. Pioneiros e fazendeiros de São Paulo. São Paulo: Hucitec, 1984.

MULLER, N. L. Contribuição ao estudo do norte do Paraná. Boletim Paulista de Geografia: São Paulo, n.22, p.53-98, mar. 1956.

OLIVEIRA, F. A economia brasileira: crítica à razão dualista. São Paulo: Boitempo, 2003.

PADIS, P. C. Formação de uma economia periférica: o caso do Paraná. Curitiba: IPARDES, 2006.

PALTI, E. El problema de las “ideas fuera de lugar” revisitado. Más allá de la historia de “ideas”. Mexico, DF: UNAM CCyDEL, 2002.

REGO, R. L.; MENEGUETTI, K. S. O território e a paisagem: a formação da rede de cidades do norte do Paraná e a construção da forma urbana. Paisagem e Ambiente. São Paulo, v.25, p.37-54, 2008.

REGO, R. L. As cidades plantadas: os britânicos e a construção da paisagem do norte do Paraná. Londrina: Humanidades, 2009.

REGO, R. L. Importing planning ideas, mirroring progress: the hinterland and the metropolis in mid-twentieth-century Brazil. Planning Perspectives, v. 27, n. 4, p. 625- 634, 2012.

ROBLES, Pe. O. A igreja que brotou da mata. Os cinquenta anos da Diocese de Maringá. Maringá: Dentalpress, 2007.

ROCHA-PEIXOTO, G. Marina Waisman: o interior da história. Resenhas Online, São Paulo, ano 13, n. 145.02, Vitruvius, jan. 2014. http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/resenhasonline/13.145/5035.

ROSANELI, A. F. Cidades novas da fronteira do café: história e morfologia urbana das cidades fundadas por companhias imobiliárias no norte do Paraná. 2009. 268f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

SCHWARZ, R. As Ideias fora do lugar. In: SCHWARZ, R. Ao vencedor as batatas: forma literária e processo social nos inícios dos romances brasileiros. São Paulo: Duas Cidades, Ed. 34, p.11, 2000.

SCHWARZ, R. Nacional por substração. In: SCHWARZ, R. Que horas são? São Paulo: Companhia das Letras, 1987. p. 29-48.

SCHWARZ, L.. ; BOTELHO, A. Ao vencedor as batatas 30 anos: crítica da cultura e processo social, entrevista com Roberto Schwarz. RBCS, v. 23, n. 67, p. 147-160, jun. 1998.

SEGAWA, H. Arquiteturas no Brasil. 1900-1990. São Paulo: EDUSP, 1997.

SUZUKI, J. Idealizações de Modernidade: Arquitetura dos Edifícios Verticais em Londrina 1949-1968. Londrina: Kan, 2011.

SZMRECSANYI, M. I. O modelo das cidades-jardins no norte do novo Paraná. PÓS-Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUUSP, São Paulo, v.1, n.8, p. 178-197, dez. 2000.

TOMAZI, N. Certeza de lucro e direito de propriedade: o mito da Companhia de Terras Norte do Paraná. 1989. 254 fl. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Assis, 1989.

TOMAZI, N. Norte do Paraná: histórias e fantasmagorias. Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 1997.

WAISMAN, Marina. El interior de La Historia: Historiografia arquitectónica para uso de Latino americanos. 2. Ed. Bogotá: Escala, 1993.

VERRI JUNIOR, A. A obra de José Augusto Bellucci em Maringá. 2001. 148f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2016v18n1p129

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia