Post-Constitutional Urban Policy: the experience of the Municipality of Rio de Janeiro

Angela Moulin S. Penalva Santos

Resumo


The aim of this article is to reflect on the ill-fated expectations of Brazilian urban policy, much identified with the regulation of urban land use. The present work is based on the premise that urban policy is the dimension of social policy that provides effectiveness to urban planning. Thus, it is fitting that it should be evaluated within a context in which it began to interact with a set of social rights included in the 1988 Constitution. These were the underlying reflections resulting from research, which was conducted through interviews with urban planners who had worked with urban policy in the Municipality of Rio de Janeiro during the 1980s, 1990s and into the 2000s. The main transformations in urban policy and the challenges faced in managing this policy were used as a reference to reflect on the directions taken by Brazilian urban policy.


Palavras-chave


urban policy; social policy; urban planning; public managers; Rio de Janeiro

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONUCCI, D. et al. UN-Habitat: das declarações aos compromissos. São Paulo: Romano Guerra, 2010.

CARVALHO JÚNIOR, P. H. B. O sistema avaliatório municipal de imóveis e a tributação do IPTU no Rio de Janeiro. 2011. Dissertation (Master in Economic Scienes) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011. Available at: http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/1806097/DLFE-237572. pdf/PedroHumbertoMMH.pdf. Accessed on: 5th December 2016.

CASTELLS, M. Redes de indignação e esperança. São Paulo: Zahar, 2013.

GASPAR, M. O samba do prefeito. O legado e o gingado de Eduardo Paes. Revista Piauí n. 114, mar. 2016. Available at: http://piaui.folha.uol.com.br/materia/o-samba-doprefeito/. Accessed on: 5th December 2016.

KERSTENETZKI, C. L. O Estado do Bem-Estar Social na Idade da Razão. A Reinvenção do Estado Social no Mundo Contemporâneo. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

LUFT, R.; SANTOS, A. P. Tributação imobiliária e política urbana no Brasil. In: SANTOS, A.; MARAFON, G.; SANT`ANNA, M. J. (Ed.). Rio de Janeiro: Um território em mutação. Rio de Janeiro: Gramma; FAPERJ, 2012. p. 251-280.

MARICATO, E. O Impasse da Política Urbana no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2011.

REZENDE, F.; CUNHA, A. (Ed.). A reforma esquecida: orçamento, gestão pública e desenvolvimento. Rio de Janeiro: FGV, 2013.

ROLNIK, R. Guerra dos Lugares. A colonização da terra na era das finanças. São Paulo: Boitempo, 2015.

SANTOS, A. M. S. P. Finanças Públicas: uma análise da autonomia financeira dos municípios brasileiros na primeira década do século XXI. SÍNTESE – Revista da Escola de Contas e Gestão do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, v. 7, n. 1, p. 26-42, jan./ jun. 2012.

SANTOS, A. M. S. P. Tributação Imobiliária no Brasil. Um difícil percurso rumo à política urbana. FINISTERRA. Revista Portuguesa de Geografia. v. 49, n. 97, p. 103-118, 2014. https:// doi.org/10.18055/finis4199

SANTOS, A. M. S. P. Urbanização e Polarização Espacial: o desafio da regulação urbanística no Brasil. In: PEREIRA, L. V.; FAN, y.; VELOSO, F. (Ed.). Infraestrutura: Perspectivas do Brasil e da China. Rio de Janeiro: Campus, 2016a. p. 181-208.

SANTOS, A. M. S. P. O Município como Agente de Políticas Públicas: o caso dos municípios fluminenses. In: SANTOS, A.; GERSCHMAN, S. (Ed.). Saúde e Políticas Sociais no Rio de Janeiro. Rio de janeiro: Ed. Fiocruz, 2016b. p. 159-196.

SANTOS, A. M. S. P.; VASQUES, P. H. R. P. Política Urbana no Contexto Federativo Brasileiro: um avanço normativo na gestão de aglomerados urbanos. Revista de Direito da Cidade, v. 7, n. 4, p. 1771-1790, 2015. https://doi.org/10.12957/rdc.2015.20914

SANTOS JUNIOR, O. A.; MONTANDON, D. T. (Ed.). Os Planos Diretores Municipais Pós-Estatuto da Cidade: balanço crítico e perspectivas. Letra Capital: Rio de Janeiro, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2017v19n1p48

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                            


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia