A moeda social e o fortalecimento do espaço diferencial nas periferias | The social currency and the strengthening of the differential space in the peripheries

Gustavo Resgala

Resumo


Este artigo compõe uma reflexão inicial de pesquisa que visa a explorar as relações entre pobreza urbana e desenvolvimento, abordando o processo de produção do espaço periférico urbano e a criação de moedas sociais locais. A análise tem em vista a classificação de Lefebvre dos diferentes processos componentes da produção do espaço junto à distinção entre urbano enquanto processo socioespacial emancipatório e urbano industrial, advindo unicamente da lógica de industrialização. Busca-se compreender a moeda social em seu potencial de questionar o sistema monetário (e demais aspectos da lógica hegemônica) e de promover alterações locais nas relações econômicas, sociais e políticas. Vislumbram-se, assim, possibilidades da demarcação de um território onde ganha força a diferença e a criatividade

Palavras-chave


periferias urbanas; moeda social; economia solidária; desenvolvimento endógeno

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


ANDRADE, L. T.. O espaço metropolitano no Brasil: nova ordem espacial? Caderno CRH, v. 29, n. 76, p. 101-118, janeiro-abril, 2016. https://doi.org/10.1590/s010349792016000100007

BONALDI, E. V.. Karl Polanyi, A subsistência do homem e ensaios correlatos. Tempo Social, v. 26, n. 1, p. 287-291, jan./jun. 2014. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ts/ v26n1/18.pdf. Acesso em: 20 jan. 2017.

BOURDIEU, P.. Efeitos de Lugar. In: BOURDIEU, P. (coord.). A Miséria do Mundo. Petrópolis: Vozes, 1997.

CANETTIERI, T. A produção das novas periferias metropolitanas: migração e expulsão dos pobres da RMBH na primeira década do século XXI. 2014. 270 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014. Disponível em: http://blog.indisciplinar.com/ wp-content/uploads/2014/05/CANETTIERI-Thiago-A-Produ%C3%A7%C3%A3odas-Novas-Periferias-Metropolitanas.pdf . Acesso em: 20 jan. 2017.

CASTELLS, M.. O poder da identidade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1999.

COELHO, F. D. Finanças Solidárias. In: CATTANI, A. D. (Org.). A outra economia. Porto Alegre: Veraz Editores, 2003. p. 153-164.

CORAGGIO, J. L. Da Economia dos Setores Populares à Economia do Trabalho. In: KRAYCHETE, G. et al. (Org.). Economia dos setores populares: entre a realidade e a utopia, Petrópolis: Vozes, 2000. p. 91-133.

CORREA, R. L.. O Espaço Urbano. São Paulo: Ática, 1995.

COSTA, G. M. A Contribuição da Teoria de Espaço de Lefebvre para a análise urbana. In: LIMONAD, E.. Entre a ordem próxima e a ordem distante: contribuições a partir do pensamento de Henri Lefebvre. Niterói: Ed. GECEL-UFF, 2003, p. 9-14.

COSTA, G. M. Teorias sócio-espaciais: diante de um impasse? Etc... espaço, tempo e crítica, v. 1, n. 2, jul./ set. 2007. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2017.

COSTA, H. S. M; COSTA, G. M.. Repensando a análise e a práxis urbana: algumas contribuições da teoria do espaço e do pensamento ambiental. In: DINIZ, C. C.; LEMOS, M.B. (org.). Economia e Território. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005. p. 365-382.

FAINSTEIN, S.. Justice, politics and the creation of urban space. In: MERRIFIELD, A.;SWYNGEDOUW, E. The urbanization of injustice. New York: New York University Press. 1997. p. 18-44.

FRANÇA FILHO, G. C. Considerações sobre um marco teórico-analítico para a experiência dos Bancos Comunitários. In: SILVA, J. T. J. et.al. (Org.). Gestão Social, Práticas em Debate, Teorias em Construção. Juazeiro do Norte, 2008. p. 117-128.

FREIRE, M. V. Moedas Sociais: contributo em prol de um marco legal e regulatório para as moedas sociais circulantes locais no Brasil. 2011. 374 f. Tese (Doutorado em Direito) –Faculdade de Direito, Universidade de Brasília, Brasília, 2011. Disponível em: http://repositorio.unb.br/bitstream/10482/9485/1/2011_MarusaVasconcelosFreire.pdf . Acesso em: 20 jan. 2017.

FURTADO, C.. Criatividade e dependência na civilização industrial. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.

GOTTDIENER, M.. A produção social do espaço urbano. São Paulo: EDUPS, 1993.

HIROTA, M. Y. La cohesión social, clave para las monedas sociales. El País, Madrid, abr. 2016. Disponível em: http://elpais.com/elpais/2016/04/11/alterconsumismo/1460355840_146035.html . Acesso em: 20 jan. 2017.

KOWARICK, L.. A espoliação urbana. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

LAGO, L. C.. A “periferia” metropolitana como lugar do trabalho: estrutura sócio-ocupacional e mobilidade cotidiana no Rio de Janeiro. In: LASA International Congress, 2009, Rio de Janeiro: Latin American Studies Association, 2009.

LEFEBVRE, H.. The production of space. Tradução SMITH, D. N..Oxford: Blackwell,1993.

LEFEBVRE, H.. O direito à cidade. São Paulo: Centauro Editora, 2008.

MARICATO, E.. Globalização e Política Urbana na Periferia do Capitalismo. Revista Veracidade, ano IV, n. 4, mar. 2009.

MARKUSEN, A. R.. Região e Regionalismo: Um enfoque marxista. Espaços & Debates, n. 2, p. 61-99. 1981.

MARQUES, E.. Elementos conceituais da segregação, da pobreza urbana e da ação do Estado. In: MARQUES, E.; TORRES, H. (org.). São Paulo - segregação, pobreza e desigualdades sociais. São Paulo: Ed. Senac, 2005. p. 19-56.

MARQUES, E; TORRES, H.. (org.). São Paulo - segregação, pobreza e desigualdades sociais. São Paulo: Ed. Senac, 2005.

MELO, J.. O Banco de Palmas. In: FUNDAÇÃO LUÍS EDUARDO MAGALHÃES. Economia Solidária: desafios para um novo tempo. Fundação Luís Eduardo Magalhães. Salvador: FLEM, 2003. P. 97-106.

MENDONÇA, J. G.; ANDRADE, L. T.; DINIZ, A. M. A.. Introdução: Mudanças e permanências na estrutura socioeconômica e territorial na Região Metropolitana de Belo Horizonte. In: MENDONÇA, J. G. (org.). Belo Horizonte: transformações na ordem urbana. 1. ed. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles; Belo Horizonte, MG: PUC-Minas, 2015. p. 15-32.

MENEZES, M. S.. Moedas Locais: uma investigação exploratória sobre seus potenciais como alternativa à exclusão financeira a partir do caso do Banco Bem em Vitória/ES. 2007. Dissertação (Mestrado). Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional – Cedeplar, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

MONTE-MÓR, R. L. M.. Gênese e estrutura da cidade mineradora. Belo Horizonte: Cedeplar, 2001. Texto para discussão n. 164.

MONTE-MÓR, R. L. M.. O cotidiano e a produção do espaço. Palestra proferida no III Colóquio de Pesquisas em Habitação. Belo Horizonte: EA-UFMG, 2006a. Disponível em: http://www.mom.arq.ufmg.br/ . Acesso em: jan. 2016.

MONTE-MÓR, R. L. M.. O que é o urbano no mundo contemporâneo. Belo Horizonte: Cedeplar. (Texto para Discussão, No. 281). 2006b.

MUMFORD, L.. A cidade na história. Suas origens, transformações e perspectivas. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

MUÑOZ, R. Finanças Solidárias. In: CATTANI, A. D. et al. Dicionário Internacional da Outra Economia. Coimbra: Almedina, 2009. p. 31-36.

NASCIMENTO, A. M. Moeda Palma e o Desenvolvimento Sustentável do Conjunto Palmeiras através da Economia Solidária. 2011. 130 f. Dissertação (Mestrado em Economia) – Faculdade de Economia, administração, Atuária e Contabilidade, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/6213/1/2011_dissert_amnascimento.pdf . Acesso

em: 20 jan. 2017.

NÚCLEO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA (NESOL-USP). Banco Palmas 15 anos: resistindo e inovando. São Paulo: A9 Editora, 2013.

OLLMAN, B.. Alienation: Marx's Conception of Man in Capitalist Society. Cambridge University Press,1976. Disponível em: https://www.nyu.edu/projects/ollman/docs/a_ch18.php . Acesso em: jan. 2016.

POLANYI, K.. A subsistência do homem e ensaios correlatos. Rio de Janeiro, Contraponto, 2012.

RIGO, A. S.. Moedas sociais e bancos comunitários no brasil: aplicações e implicações, teóricas e práticas. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2014.

SANTOS, L. L.; SILVA, B.C.. Mercados de trocas e moedas sociais em Portugal continental: os desafios de uma cultura de emancipação social. Outra Economía, 8(15): p. 210-219, jul./dez.2014.

SILVA, H.. Cidades, urbanização, desenvolvimento na Amazônia: notas para uma interpretação lefebvriana. In: COSTA, G. M.; COSTA, H. S. M.; MONTE-MÓR, R. L. M. (Orgs.). Teorias e práticas urbanas: condições para a sociedade urbana. 1. ed. Belo Horizonte: C/Arte, 2015. v. 1. 556p.

SINGER, P. I. O uso do solo urbano na economia capitalista. In: MARICATO, E. (Org). A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo: Alfa-Omega, 1979. p. 21-36.

SINGER, P. I. A recente ressurreição da economia solidária no Brasil. In: SANTOS, B. S. (Org.). Produzir para viver: os caminhos da produção não capitalista. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2002. p. 81-129.

SINGER, P. I. Finanças solidárias e moeda social. In: FELTRIM, L. E.; VENTURA, E. C. F.; DOLD, A. V. B. Projeto inclusão financeira. Brasília: Banco Central do Brasil, 2009. p. 69-78.

SINGER, P.I.. Finanças solidárias e moeda social. In: FELTRIM, L.E.;VENTURA, E.C.F.; DOLD, A.V.B.. Projeto inclusão financeira. Brasília, Banco Central do Brasil, 2009. p. 69-78.

SINGER, P. I.. O Banco Comunitário de Desenvolvimento como política pública de economia solidária. In: Banco Palmas 15 anos: resistindo e inovando. Núcleo de Economia Solidária – NESOL-USP e Instituto Palmas, São Paulo: A9 Editora, 2013. p. 35-40.

SOARES, C. L. B.. Moeda social – uma análise interdisciplinar de suas potencialidades no Brasil Contemporâneo. 2006. Tese (Doutorado) – Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2006.

SOJA, E. A dialética Sócio-espacial. In: SOJA, E. Geografias pós-modernas: a reafirmação do espaço na teoria social crítica. Rio de Janeiro: Zahar, 1993. p. 97-116.

SOJA, E.. Postmetropolis: critical studies of cities and regions. Malden, MA: Blackwell Published, 2000.

TAFURI, D. M. Bancos Comunitários no contexto contemporâneo das periferias brasileiras. Revista do IMEA-UNILA, v. 2, n. 1, p. 49-60, 2014. Disponível em: https://revistas.unila.edu.br/index.php/IMEA-UNILA/article/view/259. Acesso em: 20 jan. 2017.

TONUCCI, J. B. M.. Cidade fractal: transformações recentes na Região Metropolitana De Belo Horizonte. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR, 13, 2009, Florianópolis. Anais do XIII Encontro Nacional da Anpur. Florianópolis: ANPUR, 2009.

TOPALOV, C.. Fazer a história da pesquisa urbana: a experiência francesa desde 1965. Espaços e Debates. Ano VIII, v.1, n. 23, 1988. p. 05-30.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2017v19n2p267

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                               


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia