Políticas de habitação e a urbanização periurbana na Amazônia: o caso do Assentamento Mártires de Abril, Mosqueiro, Belém, Pará | Housing policies and peri-urban urbanization in the Amazon Region: the case of Mártires de Abril Settlement, Mosqueiro, Belém, Pará State

Yúri de Alcântara Pinto Rebello, José Júlio Ferreira Lima, Alberto Patrick Cassiano Lima

Resumo


Este trabalho analisa a constituição do Assentamento Mártires de Abril, iniciativa do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra no município de Belém a partir de 1998. O foco é a aplicação do Projeto Casulo de Assentamento, viabilizado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, e do Programa Minha Casa Minha Vida Rural pela Prefeitura Municipal de Belém e Caixa Econômica Federal. Discute-se a abrangência de ações públicas para o entendimento de uma dinâmica periurbana presente na Amazônia. Analisa-se a complexa organização espacial do assentamento, moldada a partir da ação e da inação de políticas públicas em diferentes temporalidades e escalas. Ao se limitar a uma visão tecnicista, restrita e simplista, o poder público ignora o conjunto de dinâmicas sociais e espaciais que se manifestam a partir de sua própria atuação. Assim, a dissociação do poder público dessas mesmas políticas – que se contradizem constantemente por ignorarem a heterogeneidade do assentamento – acaba por ocasionar conflitos.


Palavras-chave


Assentamento do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, Projeto Casulo, Programa Minha Casa Minha Vida Rural, Região Metropolitana de Belém

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


ABE, M. N. Mártires de Abril: o MST semeando a utopia camponesa. 2004. 199 f. Dissertação (Mestrado em Agriculturas Familiares e Desenvolvimento Sustentável) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2004.

BELÉM. Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém - CODEM. Portaria nº 64, de 14 de outubro de 1999. Diário Oficial do Município de Belém, Belém, PA, 15 out. 1999. n.p.

BELÉM. Secretaria de Economia. Portaria n. 061/97. Diário Oficial do Município de Belém, Belém, PA, out. 1997. n.p.

BELÉM. Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém - CODEM. Mapas da Área do Assentamento Mártires de Abril em Mosqueiro. 2001.

BRASIL. Lei nº 12.424, de 16 de junho de 2011. Altera a Lei no 11.977, de 7 de julho de 2009, que dispõe sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida - PMCMV e a regularização fundiária de assentamentos localizados em áreas urbanas [...]. Brasília: Palácio do Planalto, [2011]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2011-2014/2011/Lei/L12424.htm Acesso em: 00 mês. 0000.

BRASIL. Ministério das Cidades. Programa Nacional de Habitação Rural. Brasília: Ministério das Cidades, 2013.

BROWDER, J.; GODFREY, B. Cidades da Floresta: urbanização, desenvolvimento e globalização na Amazônia brasileira. Manaus: EDUA, 2006.

CARDOSO, I. C. Cidade Capitalista e Política Urbana no Brasil do século XXI: como pensar a realidade periurbana?. In: SANTANA, J. V.; HOLANDA, A. C.; MOURA, A. S. (Org.). A Questão da Habitação em Municípios Periurbanos na Amazônia. Belém: Ed.Ufpa, 2012. p. 29-52.

CORRÊA, R. Estudos sobre a Rede Urbana. Rio de Janeiro, Bertand Brasil, 2006.

DE MELO, T.; SCOPINHO, R. Políticas públicas para os assentamentos rurais e cooperativismo: entre o idealizado e as práticas possíveis. Revista Sociedade e Estado – Volume 33, Número 1, Janeiro/Abril 2018 p. 63-86.

FERREIRA, S. A Expansão dos Assentamentos Residenciais na Ilha de Mosqueiro: uma oportunidade de dispersão urbana no espaço metropolitano de Belém (PA). 2012. 138 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2012.

INCRA. Processo n. 541.00.001308/2001-62, referente à criação do Projeto Casulo Mártires de Abril. INCRA: Belém, 2001.

LEFEBVRE, H. The Production of Space. Oxford: Blackwell, 1991.

LEFEBVRE, H. A Revolução Urbana. Belo Horizonte. Ed. UFMG, 1999.

LE TORNEAU, François-Michel; BURSTYN, Marcel. Assentamentos rurais na Amazônia: contradições entre a política agrária e a política ambiental. Ambiente & Sociedade, Campinas v. XIII, n. 1. p. 111-130, jan.-jun. 2010

MONTE-MOR, R. L. Extended urbanization and settlement patterns in Brazil: an environmental approach. In: BRENNER, N. (Ed.). Implosions/explosions: towards a study of planetary urbanization. Berlin: Jovis, 2014. p. 109-120.

RIBEIRO, R. A Política Habitacional recente e sua expressão em municípios da Amazônia Oriental: os exemplos de São Sebastião da Boa Vista e São João do Araguaia – PA. In: SANTANA, J.; HOLANDA, A.; MOURA, A. (Org.). A Questão da Habitação em Municípios Periurbanos na Amazônia. Belém: Ed.UFPA, 2012. p. 215-229.

SANTOS, C.; KRAJEVSKI, L. Assentamentos rurais e as modificações socioeconômicas no município de Rio Bonito do Iguaçu. Revista NERA, ano 21, n. 41, p. 39-61, jan.-mar. 2018.

SOUZA, C. A contribuição de Henri Lefebvre para reflexão do espaço urbano da Amazônia. Confins, [s.l.], 2009. Disponível em: https://journals.openedition.org/confins/5633?lang=pt. Acesso em: 10 maio 2017.

TRINDADE JUNIOR, S.-T. Cidades e centralidades na Amazônia: dos diferentes ordenamentos territoriais ao processo de urbanização difusa. Revista Cidades. São Paulo, v. 12, n. 21, p.305-334, 2015a.

TRINDADE JUNIOR, S. Pensando a Modernização do Território e a Urbanização Difusa na Amazônia. Mercator, [s.l.], v. 14, n. 4, p.93-106, dez. 2015b.

VALE, A.; GERARDI, L. Crescimento Urbano e Teorias sobre o Espaço Periurbano: Analisando o Caso do Município de Araraquara (SP). In: GERARDI, L.; CARVALHO, P. (Org.). Geografia: Ações e Reflexões. Rio Claro: Editora da Unesp, 2006. p. 231-246.

URUGUAI, Ministerio de Vivienda, Ordenamiento Territorial y Medio Ambiente. Plan Quinquenal de Vivienda 2015-2019. s.n. s.l.: s.d. Disponível em . Acesso em: 22 dez. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2019v21n1p98

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia