Migração interna em tempos de crise no Brasil|Internal migration in times of crisis in Brazil

Ednelson Mariano Dota, Silvana Nunes de Queiroz

Resumo


Em um cenário marcado pela crise econômica que atinge o Brasil desde 2011 – com aumento do desemprego e informalidade, após um decênio em que, apesar do baixo crescimento econômico, observou-se geração de postos de trabalho formais e relativa desconcentração da atividade econômica entre as regiões do país – este estudo tem como objetivo analisar a relação entre fluxos migratórios e conjuntura econômica, precisamente os impactos da recente crise econômica na migração de longa (inter-regional), média (intrarregional) e curta distância (intraestadual). Os resultados reforçam a importância do contexto econômico e demográfico para a dinâmica migratória, ao verificar queda no volume dos fluxos de longa e média distância e a intensificação dos fluxos de curta distância, além do retorno das trocas migratórias entre regiões a padrões de décadas anteriores, bem como mostra novas áreas de atração populacional.


Palavras-chave


Crise; Migrações; Inter-regional; Intrarregional, Intraestadual.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


BAENINGER, R. Migrações internas no Brasil no século 21: entre o local e o global. In: Anais do XVIII Encontro Nacional de Estudos Populacionais (ABEP), 2012.

_______________. Rotatividade migratória: um novo olhar para as migrações no século XXI. Anais do XVI Encontro Nacional de Estudos Populacionais (ABEP), 2008.

______________. São Paulo e suas Migrações no final do Século 20. São Paulo em Perspectiva (Impresso), São Paulo, SP., v. 19, n.3, 2005.

BRITO, F. A transição para um novo padrão migratório no Brasil. Textos para discussão. Belo Horizonte: UFMG/Cedeplar, 2015.

___________. As migrações internas no Brasil: um ensaio sobre os desafios recentes. In: Anais do VI Encontro Nacional sobre Migrações. Campinas: ABEP, 2009.

BRITO, F. CARVALHO, J.A.M; TURRA, C.M.; QUEIRÓZ, B.L. A transição demográfica e as políticas sociais no Brasil. Pág. 19-62 in BRITO, F. e BAENINGER, R. (coords.) Populações e Políticas sociais no Brasil: os desafios da transição demográfica e das migrações internacionais. Brasília, CGEE, 2008.

CAMPOS, G. C. de S. O emprego formal no Brasil dos anos 2000: um estudo da Relação Anual de Informações Sociais (2003-2013). Tese de doutoramento (economia). Campinas: Unicamp/IE, 2016.

CASTIGLIONI, A. H. Migração: abordagens teóricas. In: ARAGÓN, L. E. Migração Internacional na Pan-Amazônia. Belém: NAEA/UFPA, v. 1, p. 39-57, 2009.

CUNHA, J. M. P. da; BAENINGER, R. Las migraciones internas em el Brasil Comtemporáneo. Notas de Población, CEPAL/CELADE, Año XXXII, n. 82, 2007.

CUNHA, J. M. P. da. “Apresentação”. In: CUNHA, J. M. P. da (org.) Mobilidade espacial da população: desafios teóricos e metodológicos para o seu estudo. Campinas: NEPO/UNICAMP, 2011.

DEDECCA, C. S.; ROSANDISKI, E. N. Recuperação econômica e a geração de empregos formais. Parcerias Estratégicas. Brasília: Centro de Gestão e Estudos Estratégicos, Ministério da Ciência e Tecnologia. n. 22, 2006.

DIEESE. A Situação do trabalho no Brasil na primeira década dos anos 2000. São Paulo: Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, 2012.

GAUDEMAR, J. P. Mobilidade do trabalho e acumulação do capital. Lisboa: Estampa, 1977.

MATOS, R. E. S. A contribuição dos imigrantes em áreas de desconcentração demográfica do Brasil contemporâneo. Revista Brasileira de Estudos de População, Campinas, v.19, n.1, p.49-72, 2002.

JUSTINO, T. S. O efeito da expansão da educação superior na pendularidade no Nordeste Brasileiro em 2000 e 2010. Dissertação (Mestrado em Demografia-UFRN), 2018.

MARTINE, G; NEIVA, I.C; MACEDO, M. Migração, crise e outras agurras. In: Anais do IV Encontro Nacional de Estudos Populacionais (ABEP), 1984.

NUNES, E. S.; SILVA, J. G.; QUEIROZ, S. N. de. Migração inter-regional no Brasil: o que há de novo? In: Anais do XVII Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ENANPUR), 2017.

PACHECO, C. A.; PATARRA, N. L. “Movimentos migratórios anos 80: novos padrões?”. In: Anais do Encontro Nacional sobre Migração, v. 1, p. 445-462, 1997.

PAULA, L. F. R.; PIRES, M. C. C. Crise e perspectivas para a economia brasileira. Estudos Avançados (USP. Impresso), v. 31, p. 125-144, 2017.

SILVA, J. G. da. Características da mobilidade inter e intramunicipal por motivo de trabalho: Evidências para o Brasil. Dissertação (Mestrado em Demografia-UFRN), 2019.

SINGER, P. Economia política e urbanização. 3ed. CEBRAP, Brasiliense, 1976.

QUADROS, W. J. Em 2009 a heterodoxia afastou a crise social. Texto para Discussão. IE/UNICAMP, n. 189, março 2011.

ZELINSKY, W. The impasse in migration: a sketch map for potencial scapes. In: MORRISON, P. (Ed.). Population movements: their forms and functions in urbanization and development. Liège: Ordina Ed., 1980.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2019v21n2p415

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia