Da Providência à Cidade do Espelho: a arquitetura e urbanismo como máquina de desejo da cidade

  • Lutero Pröscholdt Almeida Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); Universidade Federal da Bahia; Bahia
Palavras-chave: teoria do urbanismo, Gilles Deleuze, desejo, espetáculo, gentrificação.

Resumo

Este artigo aborda a questão do desejo nas cidades. Através de um conto, será criado um contexto fictício em que a arquitetura será a âncora principal da captura de desejos nas cidades, colaborando com um grande sistema que se tornou o principal responsável pela distribuição de recursos. Portanto, é através do espetáculo que agora se define que empreendimentos e serviços serão postergados para que o “desejo maior” seja executado, mesmo que para isso se autoflagele a própria cidade. A Cidade do Espelho, mais que uma obra arquitetônica, será um modelo desse sistema que faz fluir o desejo nas cidades.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lutero Pröscholdt Almeida, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES); Universidade Federal da Bahia; Bahia

Arquiteto e Urbanista pela Universidade Federal do Espírito Santo (2007). Mestrado pela Universidade Federal da Bahia (2011). Tem experiência em docência e projeto de arquitetura, com participação em diversos concursos de projetos de arquitetura. Atualmente é doutorando pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia e pesquisa o espaço urbano como um campo partilhado.

 

Referências

AUGÉ, M. Não-lugares: introdução a uma antropologia da supermodernidade. Campinas: Papirus, 2008. (Coleção Travessia do Século).

BURROUGHS, W. Naked lunch. New York: Grove Press, 1991.

CUNHA, E. Os sertões. Rio de Janeiro: Editora Record, 2011.

DEBORD, G. Réfutation de tous les jugements, tant élogieux qu'hostiles, qui ont été jusqu'ici portés sur le film 'La société du spectacle'. 1975. 20 min.

DELEUZE, G. Conversações 1972-1990. 1. ed. (edição brasileira). São Paulo: Editora 34, 1992.

DELEUZE, G. Désir et plaisir. Magazine Littéraire, Paris, n. 325, p. 57-65, oct. 1994. Disponível em: <http://www.paris-philo.com/article-4710476.html>. Acesso em: 05 mar. 2011.

DELEUZE, G. GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 1. São Paulo: Editora 34, 1995.

DELEUZE, G. GUATTARI, Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 3. São Paulo: Editora 34, 1996.

DELEUZE, G. GUATTARI, Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 4. São Paulo: Editora 34, 1997a.

DELEUZE, G. GUATTARI, Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia, vol. 5. São Paulo: Editora 34, 1997b.

DELEUZE, G. GUATTARI, O anti-édipo. São Paulo: Editora 34, 2010.

JACQUES, P. B. (Org.). Apologia da Deriva. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.

KUROSAWA, A. Ran [Filme-vídeo]. 1985. 160 min.

LACAN, J. Função e campo da fala e da linguagem em psicanálise. Escritos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

Publicado
2014-05-31
Seção
Artigos | Articles: Cidade, Espetacularização e os Grandes Projetos