A cidade dos catadores: os papéis e o espaço dos catadores de papel na cidade de Belo Horizonte

Rodolfo Nazareth Junqueira Fonseca

Resumo


Puxado à tração humana, o carrinho do catador de papel oscila deslocado entre o espaço do pedestre na calçada, onde é incompatível pelo seu porte, e as ruas da cidade, onde são incapazes de desempenhar a velocidade dos automóveis. A partir disso, desenvolve-se uma análise que articula tanto uma leitura da relação dos catadores de papel com a cidade quanto do espaço da cidade por intermédio dos catadores, demonstrando uma forma de vivência e apropriação do espaço urbano.

 


Palavras-chave


catadores; espaço urbano; trabalho de rua.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


ALMEIDA, M. A. de. Desenvolvimento social de cooperativas de catadores de papel, o exemplo de São Paulo. DICAS, n.58, 1996.

CERTEAU, M. de. A invenção do cotidiano – Artes de fazer. Trad. Ephraim Alves. Petrópolis: Vozes, 1994.

JACOBI, P.; TEIXEIRA, M. A. Criação do capital social: o caso da Asmare – Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reaproveitável de Belo Horizonte. São Paulo: Cedec, junho de 1997

JACOBS, J. Morte e vida nas grandes cidades. Trad. Carlos Rosa. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

MAGNANI, J. G. Quando o campo é a cidade – fazendo antropologia na metrópole. In: Na Metrópole (coleção de textos de antropologia urbana). São Paulo: s.n, 1998.

REZENDE, F. Case study: Asmare – scavengers cooperative – Unpd (United Nations program development) Life Programme (versão em inglês), novembro de 1998.

SANCHIS, P. Os catadores de papel no mundo do trabalho. In: MUNÕZ, J. V. (Org.) Fórum Nacional de Estudos de População de Rua e 1º Encontro Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis. Rio de Janeiro. Revista Lua Nova, 2000.

SANTOS, M. Espaço e método. 4.ed. São Paulo: Nobel, 1997.

SIMMEL, G. Metrópole e a vida mental. In: VELHO, O. (Org.) O fenômeno urbano. 4.ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1979.

VELHO, G. Observando o familiar. In: Aventura sociológica. Rio de Janeiro: Zahar,1978. cap.II.

VELHO, G. O estudo do comportamento desviante: a contribuição da antropologia social. In: Desvio e divergência–uma crítica da patologia social. 4.ed. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1981.

REVISTA ISTOÉ – Reportagem personagem – O luxo do lixo na ONU: dona Geralda de volta em seu trabalho em Belo Horizonte, oito minutos de fama em Nova Iorque. São Paulo, 13 de agosto de 1997.

PROGRAMA televisivo Caminhos e Parcerias – Catadores de papel de Belo Horizonte – Direção: Neide Duarte. Realização: Núcleo de documentários da TV Cultura – Fundação Padre Anchieta. Domingo, 17 de outubro de 1999, 21h.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2006v8n2p59

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia