O mascate, o bispo, o juiz e os outros: sobre a gênese morfológica do Recife

Claudia Loureiro, Luiz Amorim

Resumo


Este artigo apresenta uma análise histórico-morfológica da cidade do Recife, observando o seu núcleo histórico, formado pelos bairros do Recife, Santo Antônio, São José e Boa Vista, com o objetivo de identificar o sistema de consonância o qual permite que objetos urbanos aparentemente heterogêneos apresentem um certo grau de unidade.

 


Palavras-chave


morfologia; sintaxe espacial; história da cidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, M. C. Recife: problemática de uma metróple de região subdesenvolvida. Recife: Editora Universitária / UFPE, 1979.

ARQUITETURA CIVIL I. São Paulo: FAUSP / MEC – IPHAN, 1975.

BARLAEUS, G. História dos feitos recentemente praticados durante oito anos no Brasil. Recife: Fundação de Cultura da Cidade do Recife, 1980.

CANIGGIA, G. & MAFFEI, G. L. Composizione architettonica e tipologia edilizia: lettura dell’edilizzia di base. Venezia: Marsilio Editori, 1981.

CASTRO, J. Visões do Recife (1957). In: SOUTO MAIOR, M. & SILVA, L. D. (org.) O Recife: quatro séculos de sua paisagem. Recife: FUNDAJ/Editora Massangana, p. 253-261, 1992.

FERREZ, G. Velhas fotografias pernambucanas: 1850 – 1890. Rio de Janeiro: Campo Visual, 1988.

HANSON, J. “Order and structure in urban design: the plans for the rebuilding of London after the Great Fire of 1666”. EKISTICS, vol. 56, nº 334/335, p. 22-42, janfeb/mar-apr 1989.

HILLIER, B. Space is the machine: a configurational theory of architecture. Cambridge: Cambridge University Press, 1996.

HILLIER, B., HANSON, J. The social logic of space. London: Cambridge University Press, 1984.

HILLIER, B. et al. “Natural movement: or, configuration and attraction in urban pedestrian movement”. Environment and Planning B: planning and design, vol. 20, p. 2966, 1993.

HILLIER, B. “The architecture of urban object”. EKISTICS, vol. 56, nº 334/335, p. 521, jan-feb/mar-abr 1989.

HILLIER, B., HANSON, J., PEPONIS, J. “Creating life: or, does architecture determine anything”? Architecture & Comportement / Architecture & Behavior, vol. 3, n. 3, p. 233-250, 1987a.

HILLIER, B., HANSON, J., PEPONIS, J. “Syntatic analysis of settlements”. Architecture & Comportement / Architecture & Behavior, vol. 3, n. 3, p. 217-231, 1987b.

KIDDER, D. P. “Onde a imaginação não conhece limites (1845)”. In: SOUTO MAIOR, M. & SILVA, L. D. (Org.) O Recife: quatro séculos de sua paisagem. Recife: FUNDAJ/Editora Massangana,p. 147-161, 1992.

MELLO, J. A. G. de. Tempo dos flamengos: influência da ocupação holandesa na vida e na cultura do Norte do Brasil. Recife: FUNDAJ / Editora Massangana, 1987.

MELLO, J. A. G. de. Um mascate e o Recife: a vida de Antônio Fernandes de Matos – 16711701. Recife: Fundação de Cultura Cidade do Recife, 1981.

MELLO, J. A. G. de. A cartografia holandesa do Recife: estudo dos principais mapas da cidade do período 1631 – 1648. Recife: Parque Histórico Nacional dos Guararapes / IPHAN – MEC, 1976.

MENEZES, J. L. (Org.). Atlas histórico-geográfico do Recife. Recife: FUNDAJ / Editora Massangana, 1988.

MUELLER, B. Convento de Santo Antônio do Recife: 1606 – 1956. Recife: Fundação de Cultura Cidade do Recife, 1984.

PENA FILHO, C. “Guia Prático da Cidade do Recife”. In: Livro Geral. Recife: UFPE, 1969.

PEPONIS, J. et al. The spatial core of urban culture. EKISTICS, vol. 56, nº 334/335, p. 43-45, jan-feb/mar-abr 1989.

PEPONIS, J. “Space, culture and urban design in late modernism and after”. EKISTICS vol. 56, nº 334/335, p. 93-108, jan-feb/mar-apr 1989.

RIGATTI, D., LOUREIRO, C., AMORIM, L. “Forma e Uso do Espaço Urbano: Porto Alegre e Recife”. Revista da Pós , n°5, p. 17-31, abr 1995.

SALVADOR, F. V. “Uma povoação de 200 vizinhos”. In: SOUTO MAIOR, M. & SILVA, L. D. (org.) O Recife: quatro séculos de sua paisagem. Recife: FUNDAJ/Editora Massangana, p. 31-42, 1992.

SMITH, R. C. Igrejas, casas e móveis: aspectos de arte colonial brasileira. Recife: Editora Universitária/UFPE, 1979.

SOUTO MAIOR, M. & SILVA, L. D. (org.) A paisagem pernambucana. Recife: FUNDAJ/Editora Massangana, 1993.

SOUTO MAIOR, M. & SILVA, L. D. (org.) O Recife: quatro séculos de sua paisagem.Recife: FUNDAJ/Editora Massangana, 1992.

TOLLENARE, L. F. “Sob o céu do Recife (1816)”. In: SOUTO MAIOR, M. & SILVA, L. D. (org.) O Recife: quatro séculos de sua paisagem. Recife: FUNDAJ/Editora Massangana, p. 89-104, 1992.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2000n3p19

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                            


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia