The economic and spatial restructuring and development process in the North Sector of the Metropolitan Region of Belo Horizonte, Minas Gerais | Reestruturação econômico-espacial e desenvolvimento no Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais

Luciano dos Santos Diniz, Maura Pardini Bicudo Véras

Resumo


This aim of this study is to evaluate the economic and spatial restructuring process implemented by the public authorities in the North Sector of the Metropolitan Region of Belo Horizonte, and the appropriation of space by the land and real estate markets in the north and periphery of the capital, seeking to identify the elements that have contributed to altering the land order and to the elitization of spaces. The metropolitan strategic plan sought to diversify the industrial base of the region by attracting investments and creating high-tech hubs. In order to ensure its greater competitiveness on the global stage, it was accompanied by large public infrastructure works and support services. The present study has concluded that the modifying actions undertaken by the public authorities have influenced the valorization of urban land, the appropriation of the space by the land/real estate markets and the elitization of the north and peripheral region of the capital, thus supporting the thesis of the city as an urban growth machine.


Palavras-chave


city; metropolitan region; strategic planning; economic and spatial restructuring; development

Texto completo:

PDF (ENGLISH)

Referências


ANDRADE, L. T. (Org.). Como anda Belo Horizonte. Rio de Janeiro: Letra Capital: Observatório das Metrópoles, 2009.

BORJA, J., CASTELLS, M. Local y global: la gestión de las ciudades en la era de la información, Madrid: Taurus, 1997.

CALDEIRA, T. P. R. Cidade de Muros: Crime, Segregação e Cidadania em São Paulo. São Paulo: Editora 34, Edusp, 2000.

CARDOSO, A. L. Irregularidade urbanística: questionando algumas hipóteses. Cadernos Metrópole, n. 10, p. 9-25, jul./dez. 2003. Available at: http://revistas.pucsp.br/index.php/metropole/article/view/9197. Accessed on: 15th Dec. 2016.

CASTELLS, M., BORJA, J. As cidades como atores políticos. Novos Estudos CEBRAP, n. 45, p. 152-166, jul. 1996. Available at: http://novosestudos.uol.com.br/v1/files/uploads/contents/79/20080626_as_cidades_como_atores.pdf. Accessed on: 15th Dec. 2016.

CASTELLS, M.; HALL, P. Tecnópolis del mundo: la formación de los complejos industriales del siglo XXI. Madrid: Alianza, 1994.

COMPANS, R. O paradigma das global cities nas estratégias de desenvolvimento local. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, n. 1, p. 91-114, maio 1999. https://doi.org/10.22296/2317-1529.1999n1p91

COSTA, G. M. Produção do espaço metropolitano em Belo Horizonte, Brasil: revisitando a economia política da urbanização. In: ENCUENTRO DE GEÓGRAFOS DE AMÉRICA LATINA, 12., 2009, Montevidéu. Anales.... Montevidéu, 2009. Available at: http://observatoriogeograficoamericalatina.org.mx/egal12/Geografiasocioeconomica/Geografiaurbana/46.pdf. Accessed on: 15th Dec. 2016.

COSTA, G. M.; MAGALHÃES, F. N. C. Processos socioespaciais nas metrópoles de países de industrialização periférica: reflexões sobre a produção do espaço metropolitano de Belo Horizonte, Brasil. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, v. 13, n. 1, p. 9-25, maio 2011. https://doi.org/10.22296/2317-1529.2011v13n1p9

COSTA, H. S. M.; MENDONÇA, J. G. Urbanização recente e disputa pelo espaço na dinâmica imobiliária metropolitana em Belo Horizonte. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 17., 2010, Caxambu. Anais... Caxambu: ABEP, 2010.

COSTA, H. S. M.; MENDONÇA, J. G. Novidades e permanências na produção do espaço da metrópole: um olhar a partir de Belo Horizonte. In: OLIVEIRA, F. L. et al. (Org.). Grandes projetos metropolitanos. Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2012. p. 46-65.

DINIZ, L. S. (Re)estruturação urbana e o processo de gentrificação em Venda Nova – Belo Horizonte/MG. 2015. 328 f. Thesis (Doctorate in Social Sciences) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, Brasil, 2015. Available at: https://sapientia.pucsp.br/handle/handle/3693. Aecessed on: 15th Dec. 2016.

DINIZ, S. C.; MONTE-MÓR, R. L. M. A pequena produção popular e solidária como instrumento de fortalecimento e reorganização metropolitana: a visão do PDDIMRBH. In: SEMINÁRIO SOBRE A ECONOMIA MINEIRA, 15., 2012, Diamantina. Anais... Belo Horizonte: CEDEPLAR/UFMG, 2012. Available at: http://web.cedeplar.ufmg.br/cedeplar/seminarios/ecn/ecn-mineira/2012/arquivos/A%20pequena%20produ%C3%A7%C3%A3o%20popular%20e%20solid%C3%A1ria.pdf. Accessed on: 15th Dec. 2016.

FERREIRA, A. F. Gestão Estratégica de Cidades e Regiões. 1. ed. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2005.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Mapa das Regionais Administrativas de Belo Horizonte. Elaborado por Priscilla Costa Pereira. Belo Horizonte, 2015.

GOTTDIENER, M.; FEAGIN, J. R. Uma mudança de paradigma na sociologia urbana. Espaço & Debates, ano IX, n. 28, p. 44-58, 1989.

HARVEY, D. From managerialism to entrepreneurialism: the transformation in urban governance in late capitalism. Geografiska Annaler, v. 71, n. 1, p. 3-17, 1989. https://doi.org/10.2307/490503

HARVEY, D. A produção capitalista do espaço. São Paulo: Annablume, 2005.

HARVEY, D. Condição Pós-Moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 21. ed. São Paulo: Loyola, 2011.

HARVEY, D. Os limites do capital. 1. ed. São Paulo: Boitempo Editorial, 2013.

KAMEL, R. C. A. Gestão municipal e o processo de organização do espaço urbano da cidade de Belo Horizonte (1894-1960). Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, 2007.

KAVARATZIS, M. What can We Learn from City Marketing Practice? European Spatial Research and Policy, v. 16, n. 1, p. 41-58, jan. 2009. https://doi.org/10.2478/v10105-009-0003-7

KOTLER, P.; HAIDER, D.; REIN, I. Marketing places: attracting investment, industry and tourism to cities, states and nations. New York: The Free Press, 1993.

LEFEBVRE, H. La production de l’espace. 4. ed. Paris: Anthropos, 2000.

LIMONAD, E. Urbanização e organização do espaço na era dos fluxos. In: SANTOS, M. et al. (Org.). Território, territórios: ensaios sobre o ordenamento territorial. 3. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011. p. 145-170.

LOGAN, J. R.; MOLOTCH, H. L. Urban fortunes: the political economy of place. Berkeley-CA: University of California Press, 1987.

LOJKINE, J. O estado capitalista e a questão urbana. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. EIA – Estudo de Impacto Ambiental do Centro Administrativo do Estado de Minas Gerais. v. 1. Belo Horizonte: Lume Estratégia Ambiental Ltda., dez. 2006.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. PMDI 2007-2023 – Estratégia de Desenvolvimento. Belo Horizonte: Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, 2007.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (SEDRU). Programa de Desenvolvimento e Gestão da Região Metropolitana de Belo Horizonte – Plano de Ações Imediatas para o Vetor Norte. Belo Horizonte: Instituto Horizontes, 2008.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (SEDE). Plano Macro-Estrutural do Vetor Norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte (MRBH). Belo Horizonte: JURONG Consultants Pte Ltd., 2010.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (SEDRU). Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Belo Horizonte – PDDI-MRBH – Relatório de Definição das Propostas de Políticas Setoriais, Projetos e Investimentos Prioritários – Sumário Executivo. Belo Horizonte: UFMG – CEDEPLAR/FACE, abr. 2011a.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana (SEDRU). Plano Diretor de Desenvolvimento Integrado da Região Metropolitana de Belo Horizonte – PDDI-MRBH – Propostas de Políticas Setoriais, Projetos e Investimentos Prioritários – Volume 1. Belo Horizonte: UFMG – CEDEPLAR/FACE, maio 2011b.

MINAS GERAIS. Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (AMRBH). Projeto do Macrozoneamento da Região Metropolitana de Belo Horizonte (MZ-MRBH). Produto 2 – Avaliação das Tendências Recentes da Dinâmica Territorial da MRBH e Identificação Preliminar das Zonas de Interesse Metropolitano. Belo Horizonte: UFMG – CEDEPLAR, maio 2014.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão. PMDI 2016-2027 – Desenvolvimento Econômico e Social Sustentável de Minas Gerais - Redução das desigualdades sociais e regionais. Belo Horizonte: Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, 2016.

NOVAIS, P. et al. Grandes projetos urbanos: panorama da experiência brasileira. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR, 12., 2007, Belém. Anais... Belém: ANPUR, 2007. Available at: http://unuhospedagem.com.br/revista/rbeur/index.php/anais/article/view/2390. Accessed on: 15th Dec. 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE. Estudo sobre os impactos oriundos de iniciativas localizadas no eixo norte da MRBH e definição de alternativas de desenvolvimento econômico, urbano e social para o município de Belo Horizonte. Relatório Final. Volume III. Avaliação dos Impactos Relativos aos Projetos com Influência na Dinâmica de Desenvolvimento do Município de Belo Horizonte. Belo Horizonte: PMBH, mai. 2008.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE. Planejamento estratégico de Belo Horizonte 2030. Belo Horizonte, PMBH, 2009.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE. Plano Diretor da Região Administrativa Venda Nova – diagnóstico da área: situação atual e tendências da dinâmica urbana. vol. 1. Belo Horizonte: Práxis Projetos e Consultoria Ltda., mar. 2012.

RODRIGUES, W. Cidade em transição: nobilitação urbana, estilos de vida e reurbanização em Lisboa. Lisboa: Celta Editora, 2010.

SALGUEIRO, T. B. Cidade pós-moderna: espaço fragmentado. Revista Território, ano 3, n. 4, p. 39-53, jan./jun.1998.

SÁNCHEZ, F. Políticas urbanas em renovação: uma leitura crítica dos modelos emergentes. Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais, n. 1, p. 115-132, maio 1999. https://doi.org/10.22296/2317-1529.1999n1p115

SANTOS, M. A caminho de uma teoria substantiva da urbanização. Revista Orientação, n. 6, p. 81-84, nov.1985.

SASSEN, S. As cidades na economia mundial. São Paulo: Studio Nobel, 1998.

SATHLER, D. et al. O impacto dos grandes empreendimentos no mercado da terra na MRBH: o Vetor Norte em perspectiva. Geografias, v. 7, n. 1, p. 9-28, jan./jun. 2011. Available at: http://www.igc.ufmg.br/portaldeperiodicos/index.php/geografias/article/view/534. Accessed on: 15th Dec. 2016.

SAVAGE, M.; WARDE, A.; WARD, K. Urban sociology, capitalism and modernity. 2. ed. Londres: Palgrave Macmillan, 2003.

SINGER, P. O uso do solo urbano na economia capitalista. In: MARICATO, E. (Org.). A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo: Alfa-Omega, 1979. p. 21-36.

SOUZA, J.; BRITO, F. Expansão urbana de Belo Horizonte e da MRBH: A mobilidade residencial e o processo de periferização nos anos 80 e 90. In: SEMINÁRIO SOBRE A ECONOMIA MINEIRA, 13., 2008, Diamantina. Anais... Belo Horizonte: CEDEPLAR/UFMG, 2008. Available at: http://gestaocompartilhada.pbh.gov.br/sites/gestaocompartilhada.pbh.gov.br/files/biblioteca/arquivos/a_expansao_urbana_em_bh_1.pdf. Accessed on: 15th Dec. 2016.

TOPALOV, C. La Urbanización capitalista: algunos elementos para su análisis. México: Edicol, 1979.

VÉRAS, M. P. B. Cidade, vulnerabilidade e território. Ponto e virgula, n. 7, p. 32-48, 2010. Available at: http://revistas.pucsp.br/index.php/pontoevirgula/article/view/13959. Accessed on: 15th Dec. 2016.

WARD, S. V. Selling places: the marketing and promotion of towns and cities 1850-2000. London: Spon Press, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2017v19n2p310

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                               


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia