Em busca de novos caminhos metodológicos: percepção e vivência nos espaços públicos urbanos contemporâneos por idosos da cidade de João Pessoa | In search of new methodological paths: perception and experience in contemporary urban public spaces by elderly people in the city of João Pessoa

Marcela Dimenstein, Jovanka Baracuhy Cavalcanti Scocuglia

Resumo


Neste artigo buscamos discutir as novas possibilidades de compreensão da cidade contemporânea, das ferramentas e formas de registro de aproximação e identificação das experiências efêmeras, vistas aqui como positivas, enquanto formas que contestam as ideias pessimistas sobre a condição contemporânea de resistência e crítica à ideia de empobrecimento da ação urbana, de perda da corporeidade nos espaços públicos. Objetivamos apresentar nossas reflexões vinculadas à construção metodológica de pesquisa com um grupo de idosos que experimentam os espaços públicos do centro de João Pessoa. Convidamos à reflexão sobre as nossas estratégias investigativas e de análise, recriando modos de aproximação, abordagem e vínculo com o grupo focal. Discutiremos os desafios e as possibilidades de investigação de campo, os registros e a transmissão das experiências urbanas coletadas. Procuramos combinar a fotografia e desenhos na nossa própria narrativa, procurando facilitar a leitura do espaço trabalhado e das relações construídas.

Palavras-chave


idosos; memória; experiência urbana; espaço público; novas metodologias.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


AGAMBEN, G. Infância e História: destruição da experiência e origem da história. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005.

ANDRADE, P. A. F. Metamorfose dos centros urbanos: Uma análise das transformações na centralidade de João Pessoa – PB 1970-2006. 2007. 150 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

BENJAMIN, W. Obras Escolhidas I: Magia e técnica, arte e política. Ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 2012.

BRITO, F. D.; JACQUES, P. “Corpocidade: arte enquanto micro-resistência urbana. Fractal: Revista de Psicologia, v. 21, n. 2, p. 337-359, maio/ago. 2009. https://doi.org/10.1590/ s1984-02922009000200010

BOSI, E. Memória & sociedade: lembrança de velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

CERTEAU, M. Caminhadas pela Cidade. In: CERTEAU, M. A Invenção do Cotidiano. Petrópolis: Vozes, 1990. p. 169-192.

CARLOS, A. F. A. O Espaço urbano: novos escritos sobre a cidade. São Paulo: Contexto, 2004.

DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contratempo, 1997.

FERRARA, L. Ver a Cidade. São Paulo: Nobel, 1988.

FERRARA, L. Olhar Periférico. 2. ed. São Paulo: EDUSP/FAPESP, 1993. FÜZESSÉRY, S.; SIMAY, P. (Org.). Le choc des metrópoles. Simmel, Kracauer, Benjamin. Paris/Tel-Aviv: Editions de l’éclat, 2008.

GAGNEBIN, J. História e narração em Walter Benjamin. São Paulo: Perspectiva, 2007.

GAGNEBIN, J. Walter Benjamin ou história aberta. In: BENJAMIN, W. Magia e técnica, Arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 2012. p. 07-19.

GOMES, M. A. F.; DIMENSTEIN, M. Subjetividade e narrativas visuais: a fotografia como recurso metodológico na pesquisa com crianças e adolescentes no campo da psicologia. Vivência: Revista de Antropologia, n. 29, p. 409-427, 2005. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2009.

JACQUES, P. B. Apologia da deriva. Escritos situacionistas sobre a cidade. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2003.

JACQUES, P. B. Espetacularização urbana contemporânea. Cadernos PPGAU/UFBA, v. 3, n. especial, 2004. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

JACQUES, P. B. Zonas de Tensão: em busca de micro-resistências urbanas. In: BRITTO, F. D.; JACQUES, P. B. (Org.). Corpocidade: debates, ações e articulações. Salvador: EDUFBA, 2010. p. 106-119. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

JACQUES, P. B. Elogio aos errantes. Salvador: EDUFBA, 2012.

LÉFÈBVRE, H. O direito à cidade. São Paulo: Centauro, 2001.

MARTINS, P. D.; MAIA, D. S. O caminho que leva ao mar: a Avenida Epitácio Pessoa, via de expansão e estruturação da cidade de João Pessoa – PB. In: ENCONTRO NACIONAL DA ANPUR, 16., 2015, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: ANPUR, 2015. Disponível em: . Acesso em 10 mar. 2017.

MINAYO, M. Ciência Técnica e Arte: o desafio da pesquisa social. Petrópolis: Vozes, 1999.

MCCLOUD, S. Desvendando os quadrinhos. São Paulo: M. Books,1995.

OLIVEIRA, J. Uma contribuição aos estudos sobre a relação transporte e crescimento urbano: O caso de João Pessoa – PB. 2006. Dissertação (Mestrado em Engenharia Urbana) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2006.

PEREIRA, F. T. B. Difusão da Arquitetura Moderna na Cidade de João Pessoa (1956-1971). 2008. 276 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos, 2008. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

RIBEIRO, A. C. T. Dança de Sentidos: na busca de alguns gestos. In: BRITTO, F. D.; JACQUES, P. B. (Org.). Corpocidade: debates, ações e articulações. Salvador: EDUFBA, 2010. p. 24-41. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2017.

SANTOS, C. N. F. (Coord.). Quando a rua vira casa. São Paulo: Projeto, 1985.

SANTOS, M. A Natureza do Espaço: Técnica e Tempo, Razão e Emoção. São Paulo: EDUSP, 2006.

SANTOS, M. Da totalidade ao lugar. São Paulo: EDUSP, 2008.

SCOCUGLIA, J. B. C. Revitalização urbana e (re) invenção do Centro Histórico de João Pessoa (1987-2002). João Pessoa: Ed. UFPB, 2004.

SCOCUGLIA, J. B. C. Cidades, intervenções e práticas urbanas: usos do espaço público e qualidade sociourbanística nos centros de João Pessoa e Recife. In: SILVEIRA, J., DUTRA, M.; COSTA, A. (Org.). Espaços livres públicos e suas interfaces intraurbanas. João Pessoa: AB Editores, 2016. p. 186-229.

SENNET, R. O Declínio do homem público: as tiranias da intimidade. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

SIMMEL, G. As grandes cidades e a vida do espírito (1903). Mana: Estudos de Antropologia Social, v. 11, n. 2, p. 577-591, out. 2005. https://doi.org/10.1590/S010493132005000200010 SILVEIRA, D.; GERHARDT, T. (Org.). Métodos de Pesquisa. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 2009.

THIBAUD, J. Por uma gramática geradora das ambiências. In: SCOCUGLIA, J. B. C. (Org.). Cidade, Cultura e Urbanidade. João Pessoa: Ed. UFPB, 2012. p. 27-70.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2017v19n3p417

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia