Atenas, o olimpismo à guisa de urbanismo

Guy Burgel

Resumo


Os Jogos Olímpicos de 2004 marcaram o coroamento de uma nova era iniciada na capital grega há mais de um quarto de século. O retorno a uma democracia reforçada, a vinculação à Europa política, a consciência da responsabilidade internacional assumida no Mediterrâneo oriental, nos Bálcãs e no vasto mundo através da marinha grega, confirmam Atenas em seu destino de “cidade global”. Para além da funcionalidade com relação à natureza das provas esportivas ou o desenrolar das festividades, a escolha dos sítios olímpicos respondeu a uma vontade estratégica afirmada sobre a totalidade do espaço da região urbana e a um desejo de reconversão geral das infra-estruturas após os Jogos. O presente texto mostra que, mais do que em Barcelona, onde o direcionamento da cidade para seu porto foi o grande evento dos anos 90, a mutação aqui engajada é mais fundamental, posto que Atenas, capital continental, não foi jamais uma cidade litorânea: desde a Antiguidade, o Pireu e suas bacias contribuintes constituem uma entrada marítima descentrada e a vocação da costa foi sempre mais balneária do que verdadeiramente urbana.

 


Palavras-chave


Atenas; olimpíadas; urbanismo.

Texto completo:

PDF (PORTUGUÊS)

Referências


BURGEL, G. Le miracle athénien au XXème siècle. CNRS Éditions, 2002.

BURGEL, G. La ville contemporaine de la Seconde Guerre mondiale à nos jours. In: PINOL, J.-L. (Dir.) Histoire de l’Europe urbaine. Seuil, 2003.

BURGEL, G.; DEMATHAS, Z. (Dirs.) La Grèce face au troisième millénaire, territoire, économie, société, 40 ans de mutations. Laboratoire de Géographie Urbaine, Université de Paris X, Université Pantios, Athènes, 2001.

ROUSSET-DESCHAMPS, M. (Dir.) Gouverner les métropoles. Laboratoire de Géographie Urbaine, Université Paris X, Villes en Parallèle, n.30-1, 2000.




DOI: http://dx.doi.org/10.22296/2317-1529.2004v6n1p69

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

REVISTA BRASILEIRA DE ESTUDOS URBANOS E REGIONAIS - REV. BRAS. ESTUD. URBANOS REG. (Online)

ISSN: 2317-1529 (eletrônico); 1517-4115 (impresso)

 

Indexadores, Repositórios e Bases de dados:

                              


Redes Sociais: 


Licenciada sob uma Licença Creative Commons:

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia