Sobre a Revista

FOCO E ESCOPO

A Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (RBEUR) é um periódico online, de acesso aberto, que utiliza licença Creative Commons (Atribuição CC-BY). Seu propósito é contribuir para o adensamento e a diversidade disciplinar, temática, e conceitual do debate nacional e internacional no campo do planejamento e dos estudos urbanos e regionais.

A RBEUR é iniciativa da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Planejamento Urbano e Regional (ANPUR). A entidade, fundada em 1983, aglutina e representa programas de pós-graduação e centros de ensino e/ou pesquisa das áreas do planejamento urbano e regional, do urbanismo, da geografia, da economia, da administração pública, das ciências sociais, do direito, do desenvolvimento regional, da demografia, entre outras.

A revista dirige-se a um público multidisciplinar de professores, pesquisadores, estudantes e profissionais do campo do planejamento e dos estudos urbanos e regionais. A revista mantém um fluxo contínuo de submissão de artigos e resenhas para publicação, em 3 idiomas: português, inglês e espanhol.

Criada em 1999, a RBEUR vem se consolidando como o principal periódico na área de Planejamento Urbano e Regional no Brasil. Foi publicada em versão impressa até 2019, quando passou a adotar o formato de publicação continuada exclusivamente digital. A RBEUR está registrada com o ISSN eletrônico 2317-1529 e o ISSN impresso 1517-4115 (até volume 21) e abrange as seguintes seções temáticas:

Planejamento e Políticas Públicas 
Palavras-chave: Planejamento urbano e regional; Governança, participação e gestão urbana e regional; Políticas e programas urbanos e regionais; Serviços urbanos; Políticas habitacionais; Métodos, técnicas e instrumentos de planejamento; Financiamento de políticas urbanas e regionais.

Espaço, Economia e População
Palavras-chave: Desenvolvimento regional; Conflitos e tendências espaciais do capitalismo; Integração, reconfiguração e desequilíbrio econômico no território; Fluxos populacionais e migrações; Trabalho, renda e mobilidade sócio espacial; Financeirização e produção de espaço; Inovação tecnológica.

Território, Cidadania e Direitos
Palavras-chave: Espaço público; Justiça social e socioambiental; Desigualdade e segregação sócio espacial; Participação e assessoria técnica e novos perfis formativos; Movimentos sociais, apropriação espacial e direito à cidade; Atores, minorias e territorialidades; Desenvolvimento local e comunitário.

Cidade, História e Cultura
Palavras-chave: História e memória da cidade, do urbanismo, da habitação e da arquiteturaProcessos de urbanização; Histórias da política e da gestão urbana; Cidade, patrimônio cultural e culturalização urbana; Configuração urbana, imagens e representações da cidade.

Ambiente, Gestão e Desenvolvimento
Palavras-chave: Políticas ambientais; Desenvolvimento sustentável; Mudanças climáticas, justiça ambiental; Desenvolvimento rural, novas ruralidades e fronteiras rural/urbano; Reservas e recursos naturais; Paisagem, memória ambiental, natureza e urbanização.

 

O PROCESSO DE AVALIAÇÃO POR PARES

Os artigos serão submetidos pelo sistema online (OJS), não sendo aceitas submissões por e-mail. Uma vez recebidos, serão inicialmente analisados pela Comissão Editorial, que verificará a pertinência do material em relação ao escopo, ao formato e aos padrões acadêmicos da RBEUR.

Aprovados na avaliação inicial os textos sem identificação dos/as autores/as serão submetidos à avaliação de dois/duas pareceristas externos/as à Comissão Editorial da RBEUR, ligados/as a instituições nacionais ou estrangeiras, e que tenham domínio sobre os conteúdos tratados nos trabalhos (avaliação cega e por pares).

Em caso de discordância entre as avaliações dos/as dois/duas pareceristas, o manuscrito será encaminhado a um/a terceiro/a avaliador/a externo/a, também reconhecido/a na área específica do trabalho, que se manifestará, como os/as primeiros/as, sobre a propriedade ou inadequação do texto, tendo em conta a sua qualidade acadêmica. As avaliações levaram em conta:

  1. clareza dos objetivos;
  2. pertinência da metodologia frente aos objetivos;
  3. consistência entre fundamentação teórica, objetivos, metodologia e resultados;
  4. domínio e atualidade da bibliografia;
  5. uso de referências da literatura internacional que analisam casos empíricos semelhantes, quando aplicável;
  6. qualidade da redação (escrita e estrutura do texto);
  7. originalidade, pertinência e relevância do tema para publicação.

Após a avaliação, os artigos podem ser a) publicados sem modificações; b) publicados com modificações não substanciais; c) ressubmetidos a um novo processo de avaliação depois de modificações substanciais; e d) rejeitados.

Os artigos aprovados são publicados até, no máximo, 1 ano após a sua submissão.

 

PERIODICIDADE

A RBEUR é publicada em um único volume anual, seguindo o formato de publicação continuada. O artigo é publicado imediatamente após o processo de revisão e formatação.

 

QUALIS/CAPES

Estrato - Área de Avaliação (2013-2016)
A2
 - Planejamento Urbano e Regional/Demografia
A2 - Arquitetura, Urbanismo e Design
A2 - Interdisciplinar
B1 - Antropologia/Arqueologia
B1 - Sociologia
B2 - Ciências Ambientais
B2 - Economia
B2 - Geografia
B3 - Engenharias I
B4 - Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo
B4 - Ciência Política e Relações Internacionais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES

2015

2016

2017

2018