O espaço e o lugar das cidades médias na rede urbana brasileira

  • Clauber Eduardo Marchezan Scherer
  • Pedro Vasconcelos Maia do Amaral
Palavras-chave: cidades médias, hierarquia urbana, centralidade, rede de cidades, Brasil

Resumo

Partindo da hipótese de que o tamanho da população é um fator insuficiente para capturar a inserção dos centros urbanos nos diferentes níveis hierárquicos da rede de cidades, analisa-se o caso recente do Brasil – 2000 e 2010. É dado destaque para as categorias nas posições intermediárias da rede, as cidades médias, centros para os quais ainda se tem um conhecimento limitado sobre seu papel na rede brasileira. Para isso, utiliza-se a composição de empregos das cidades em setores-chaves e aplicam-se explorações empíricas que combinam técnicas de análise multivariadas baseada em agrupamentos. Como resultado, percebe-se uma continuidade da interiorização da rede – já constatada para recortes temporais anteriores –, porém com maior intensidade nas regiões Norte e Nordeste, onde houve aumento expressivo do número de centros urbanos nos níveis intermediários da rede, especialmente nos grupos que dizem respeito às cidades médias.ades médias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMORIM FILHO, O. B.; SERRA, R. V. Evolução e perspectiva do papel das cidades médias no planejamento urbano e regional. In: Cidades Médias Brasileiras: IPEA, pp.1-34, 2001.

ANDRADE, T. A.; LODDER, C. A. Sistema Urbano e Cidades Médias no Brasil. Instituto de Planejamento Econômico e Social, Instituto de Pesquisas, 1979.

ANDRADE, T. A.; SERRA, R. V. O desempenho das cidades médias no crescimento populacional brasileiro no período 1970/2000. In: Cidades Médias Brasileiras: IPEA, 2001.

ARAÚJO, M. M. S; MOURA, R.; DIAS, P. C. Cidades médias: uma categoria em discussão. In: Dinâmica Urbano Regional Redes e suas Interfaces: IPEA, pp.55-72, 2011.

BECKER, B. K.; EGLER III, C. A. G. A economia-mundo e as regiões brasileiras. Brasil. Uma nova potência regional na economia-mundo. Bertrand Brasil: Rio de Janeiro, 1994.

BROWNING, H. L.; SINGELMANN, J. The Transformation of the US labor force: the Interaction of Industry and Occupation. Politics & Society, v. 8, n. 3-4, pp. 481-509, 1978.

CASTELLO BRANCO, M. L. G. Cidades médias no Brasil. In: Cidades médias: produção do espaço urbano e regional. São Paulo: Expressão Popular, pp. 245-277, 2006.

CASTELLO BRANCO, M. L. G. Algumas Considerações sobre a Identificação de Cidades Médias. In: Cidades Médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão Popular, v. 1, pp. 89-112, 2007.

CHRISTALLER, W. Central Places in Southern Germany. Englewoods Cliffs: Prentice Hall, 1966.

CORRÊA, R. L. Construindo o Conceito de Cidade Média. In: Cidades médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão popular, v. 1, pp. 23-33, 2007.

DINIZ, C. C. Desenvolvimento poligonal no Brasil: nem desconcentração nem contínua polarização. Revista Nova Economia, v. 3, n. 1, 1993.

IPEA, IBGE e UNICAMP. Configuração Atual e Tendências da Rede Urbana (Vol. 1), Série Caracterização e Tendências da Rede Urbana do Brasil, IPEA, IBGE, NESUR. Brasília, 2001.

JACOBS, J. The Economy of Cities. New York: Random House, 1969.

JOLLIFFE, I. T; CADIMA, J. Principal Component Analysis: A Review and Recent Developments. Philosophical transactions. Series A, Mathematical, physical, and engineering sciences, v. 374, n. 2065, pp. 374.2065, 2016.

KAUFMAN, L.; ROUSSEEUW, P. J. Finding groups in data: an introduction to cluster analysis. New Jersey: John Wiley & Sons, 2009.

LEMOS, M. B. Duas técnicas de análise regional elaboradas a partir de categorias espaciais: a regionalização e o método estrutural- diferencial. Tese de Professor Titular/UFMG 1991.

LEMOS, M. B.; DINIZ, C. C.; GUERRA, L.; MORO, S. A Nova Configuração Regional Brasileira e sua Geografia Econômica. Estudos Econômicos, v. 33, n. 4, pp. 665-700, 2003.

LÖSCH, A. The Economics of Location. London: Yale University, 1967.

MARSHALL, A. Principles of economics: an introductory. London: Macmillan, 1890

OLIVEIRA, C.; MAGALHÃES, J. Estrutura Produtiva Avançada e Regionalmente Integrada: Diagnóstico e Políticas de Redução das Desigualdades Regionais. IPEA, 2010.

PEREIRA, F. M.; LEMOS, M. B. Cidades Médias Brasileiras: Características e Dinâmicas Urbano-Industriais. Pesquisa e Planejamento Econômico, v. 33, n. 1, pp. 127-165, 2003.

PEREIRA, W. K. R. Cidades Médias: uma opção no Desenvolvimento Urbano. Dissertação (Mestrado em economia) – Universidade de Brasília, Brasília DF, 1977.

SIMÕES, R.; HERMETO, A. M.; AMARAL, P. V. M. Rede urbana metropolitana: uma análise da estrutura terciária de Belo Horizonte. Ensaios FEE, v. 27, n.2, pp. 471-513, 2006.

SIMÕES, R.; AMARAL, P. Interiorização e Novas Centralidades Urbanas: Uma Visão Prospectiva para o Brasil. Economia, v. 12, n. 3, pp. 553-579, 2011.

SOBRINHO, E. M. G.; AZZONI, C. R. Aglomerações Industriais Relevantes do Brasil em 2010. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 9, n. 1, pp. 1-18, 2016.

SPOSITO, M. E. B. As Cidades Médias e os Contextos Econômicos Contemporâneos. In Urbanização e cidades: perspectivas geográficas. Editora Unesp, pp. 569-607, 2001.

Publicado
2019-12-16
Seção
Artigos - Espaço, Economia e População